Férias de Detox Digital: já pensaste nisso?

Nos dias que correm, procuramos cada vez mais desconectar com o nosso dia-a-dia, com o mundo em que vivemos, por um lado estamos tão conectados uns com os outros, que por outro lado queremos cortar e meter em pause de vez enquando.

Em parceria com a Momondo, vou eleger dois destinos que considero ideais para um Detox Digital e aproveitar o melhor da vida offline! Aceitas o meu desafio?

Indonésia

Claro que não podia deixar de recomendar aquela que foi a minha casa nos meus últimos dois anos! Seja por falta de rede, ou por opção, neste pedaço de paraíso, é ainda possível desligar do mundo virtual e escapar por momentos que seja da realidade em que vivemos.

Na Indonésia, o cenário ajuda em tudo (e muito): praias daquelas que estamos habituados a ver nos postais, paisagens de tirar o fôlego, comida maravilhosa, e melhor ainda, pessoas incríveis!

São mais que razões suficientes para aproveitar o que nos rodeia.

Com praias destas, fica fácil desligar não é?

Portugal

Oiço muita gente dizer que só descansa, ou só “desliga” por completo, quando apanha o avião e vai para fora do país. Mas porque é que será que isso acontece?

Acho que cabe a nós desligarmos o botão, independentemente de onde estamos, até porque há muita gente que estão a milhas daqui e continua ligada, não é verdade?

Portugal tem tantos sítios incríveis (e ainda algumas zonas sem rede, se for essa a “desculpa”), que vale a pena visitar e apostar! Vou muitas vezes para Castelo Branco, e o que não falta é sítios para visitar, descansar, ficar “sem rede”, e conectar-me com os que me são próximos e com a natureza.

Que tal dar uma oportunidade ao nosso país, e aproveitarmos o que de melhor aqui há também?

Estas piscinas naturais ficam em Penha Garcia, conhecem?

Podia continuar a sugerir muitos outros sítios, mas na verdade, tendo rede ou não, é nossa opção desligarmos do mundo, mas acho que nos faz muito bem fazê-lo de vez enquanto? Estamos demasiado conectados aos equipamentos e à “rede”, do que muitas vezes à natureza e até a nós próprios 🙂

Entretanto já sabem que podem acompanhar as minhas aventuras no Instagram.

________________________________________________________

Este artigo contém links de afiliados. Se comprares através dos meus links não terás nenhum custo adicional e ajudas-me a manter este blog ativo 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »