Ubud: Monkey Forest & Palácio de Ubud

Na minha estadia em Bali, optei por ficar uma semana em Seminyak e a outra semana em Ubud. Depois a partir destes sítios, visitei varias zonas de Bali. Para mim foi melhor, poupou-me andar sempre com a mala atrás.

Não fiz nenhuma Tour organizada por agência, mas sim, o que visitei foi organizado por mim. Escolhia os destinos a ver, e depois negociava o preço com os taxistas e escolhia a melhor oferta.

Acreditem que os táxis em Bali não são fáceis. Foi do que mais me desgastou, pois pedem preços completamente descabidos,e é preciso estar sempre a negociar.

Não se deixem enganar!

Dica: em Bali, em determinados sítios é possível usar aplicações como a Uber e a Go-Jek. Façam download das apps para verem se é possível usar o serviço, isto porque há uma enorme “guerra” em Bali entre taxistas e estas empresas alternativas. Também não é de espantar, pois oferecem um bom serviço …a um preço justo!

Com tantos dias em Ubud aproveitei para fazer o máximo de visitas. Neste post vou falar da Monkey Forest e do Palácido de Ubud, mas primeiro dicas-chave.

Como cheguei a Ubud?

Como vinha se Seminyak, usei a aplicação Go-Jek, que me trouxe até ao destino final. Pagamos 150k duas pessoas. Se tivéssemos usado os táxis, o preço triplicava.

Onde fiquei em Ubud?

Optei por ficar mesmo no centro do Ubud, pois como não conduzo mota, queria poder andar a pé para o máximo de sítios sem ter que andar a negociar táxis o tempo todo.

Fiquei no Ojek’s Homestay, em quarto duplo (na altura estava com uma amiga Inglesa) com WC partilhado (não adoro especialmente esta opção, mas os WC eram suficientes, limpos e nunca precisei ficar à espera). Pequeno almoço incluído, servido numa área comum toda catita.

Num dos dias em Ubud, visitamos de manhã a Floresta dos Macacos e de tarde o Palácio de Ubud.

Monkey Forest / Floresta dos Macacos

Preço entrada: 50k (cerca de 3€)

A 15 minutos a pé de onde estava hospedada, fica a Floresta dos Macacos.

Confesso, que estava na duvida se iria ou não visitar este sitio, pois não me estava a agradar muito a ideia de ter macaquinhos pendurados, ou a roubarem-me coisas. Mas fui e gostei.

Quando chegámos, tínhamos um macaquinho a receber-nos:

A floresta é enorme, bem conservada, arranjada e limpa. Contem passar lá um bom par de horas! Acho que demoramos pelo menos 3 horas: entre explorar a floresta toda, com calma, tirar fotos, ver os macacos no seu habitat, acreditem que as horas voam.

Caso queiram um macaquinho a subir para o ombro, basta comprarem umas bananas e lá vai ele. Não fiz isso, pois não queria nenhum em cima de mim!

Tenham em atenção com os objectos que levam, pois os macacos são peritos em roubar coisas. Vi desde roubar carteiras, pacotes de lenços e garrafas de agua. É que depois não me parece que seja possível reaver as coisas, pois eles fogem muito rápido para dentro da floresta.

A nível de segurança, por todo o parque há vigilantes, que não permitem que os macacos fiquem agressivos (mas claro, também não convém provoca-los).

Palacio de Ubud / Palacio Puri Saren Ubud 

Preço de entrada: grátis (o que é óptimo dado que a maioria dos sítios em Bali se pagam…)

O Palácio fica mesmo no centro de Ubud, na rua principal, pelo que facilmente se encontra.

Como tínhamos muitos dias em Bali, depois da Floresta dos Macacos optámos por relaxar e visitámos o Palácio só no final do dia. Não achei nada de extraordinário, mas como a visita se faz rápido não deixem de ir. O Palácio é super central, fica na rua principal, e praticamente ao lado do mercado.

É também aqui que ocorre todas as noites a Dança Balinesa (Legong Dance), uma Dança Tradicional de Bali. Optei por não ir, pois preferi ver a Dança no Uluwatu Temple (que falarei noutro post). Ouvi dizer, a umas pessoas que valia a pena, e a outras que nem por isso. Então acabei por não ir.

O preço do bilhete é de 100k (cerca de 6€) e a dança dura cerca de 2h.

No próximo post sobre Ubud, darei mais dicas, de mais sítios, que visitei.

Entretanto, acompanhem aqui o meu dia-a-dia na Indonésia.

Boas Viagens ❤️

________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________

GOSTASTE DESTE ARTIGO? GUARDA-O NO PINTEREST!

 

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Translate »