Visitar Aveiro e Costa Nova

Já queria escrever este artigo de Aveiro e da Costa Nova há bastante tempo, mas por alguma razão ainda não o fiz. Agora que estamos todos obrigados a estar por casa, devido ao COVID-19, hoje trago-vos visitas antigas: Aveiro e Costa Nova, para que vos sirvam de inspiração, e que possamos re-visitar logo que possamos todos de novo sair à rua.

Na verdade, depois de passarmos por esta situação de quarentena obrigatória, podemos e devemos apostar no turismo no nosso Portugal. A economia e o turismo agradecem. Por isso que este artigo e dicas vos sirvam de inspiração para umas próximas férias em Portugal.

Vamos visitar Aveiro e Costa Nova? 🙂

Visitar Aveiro e Costa Nova

Visitar Aveiro e Costa Nova

Como chegar à Aveiro

É sabido, que no nosso pequeno Portugal, podemos recorrer ao comboio ou até ao autocarro. Como fui com a minha irmã, e queríamos fazer várias visitas nesse fim-de-semana, optámos por ir de carro. Saímos cedinho de casa, no sábado, e lá fomos nos. Em 2h30 mais coisa menos coisa estávamos a chegar. O que nos permitiu aproveitar bastante os dois dias de fim-de-semana que decidimos ficar.

Onde ficar

Quando chegámos decidimos fazer de imediato check-in no alojamento que encontramos com melhor relação qualidade-preço. Aveiro, assim como no geral Portugal, tem os preços bastante inflacionados, e foi dificil encontrar opções com preços razoáveis.

Decidimos ficar na Residencial Palmeira, alojamento bem simples e super no centro. Na verdade, sempre que posso opto por alojamentos em conta e bem no centro para me poder deslocar a pé sempre ter que pegar no carro muitas vezes.

Por uma noite, para duas pessoas pagámos 50€ com pequeno-almoço incluído.

Visitar Aveiro e Costa Nova num fim-de-semana

Assim que terminámos o check-in fomos almoçar no centro. Restaurante bem cheios e muitos turistas. Escolhemos o Restaurante Porta 35, não me lembro quanto pagámos, mas que para quem procura um bom hambúrguer pode ser uma boa opção.

Queríamos passar a tarde a explorar e claro, experimentar um passeio de Moliceiro, que sem duvida é um must-do na nossa Veneza Portuguesa.

Turistas num Moliceiro a passear pela Ria de Aveiro

Até chegar à nossa hora, andamos pelo centro a tirar umas fotos e a explorar Aveiro.

Street art algures por uma das ruas de Aveiro

Esta bicicleta foi só mesmo para a foto, mas é possivel alugar bicicleta em vários locais para explorar a cidade.

Detalhes no centro

Os Moliceiros de Aveiro

Aveiro é conhecida também como a Veneza Portuguesa, pelos seus canais e Moliceiros que mais parecem as Gondôlas de Veneza. Nunca estive em Veneza (ainda), mas digo-vos que Aveiro é sem duvida um local a visitar. Cidade pequena e muito pitoresca, em que muito do seu encanto se deve aos Moliceiros na Ria de Aveiro.

| Existe bastantes empresas a fazer estes passeios, nós optámos por uma de forma aleatória num dos canais. Pagámos 10€ por 45 minutos de passeio |

A Costa Nova

Deixámos para o final do dia a Costa Nova. A zona piscatória típica, com as casinhas brancas às riscas de todas as cores e mais algumas, que tantas vezes aparecem nas nossas redes sociais.

Quem fica indiferente a estas cores?

Aproveitamos para experimentar uma tripa de Aveiro, doçaria típica da região. Maravilha.

Acreditam que nem foto tirei, mas quem assistiu às minhas stories no Instagram certamente que viu.

| O que é uma Tripa de Aveiro? Doce típico da região, com uma massa mal cozida (feita de farinha, ovos, açúcar e leite), que depois é enrolada. No seu interior o recheio pode ser simples, ter chocolate, ovos moles, ou o que quisermos! |

Como não sabíamos bem como seria a Costa Nova ao final do dia, acabamos por repetir e fomos duas vezes. Antes de sairmos de Aveiro, já depois do check-out, no dia seguinte passamos por lá de novo.

A Costa Nova, outrora zona de pescadores, que naquelas casas armazenavam os seus utensílios de pesca, hoje em dia, local de férias e descanso para muitos.

Casa Amarela…

…ou casa Azul?

Quando o dia terminou voltamos para Aveiro, para procurarmos um sitio para jantar. Claro que nos entretantos, e mesmo antes de jantar fizemos uma sessão de fotos de tão fotogénica que é a cidade.

Ria de Aveiro ao Pôr-do-Sol

As salinas de Aveiro são também um must-do em Aveiro. Não fizemos nenhuma visita, mas quando fomos para a Costa Nova conseguimos ver algumas.

Optamos por jantar no Restaurante Porta 36, também ele no centro, e um pouco mais caro, mas que estava a pouca distância do nosso alojamento, sem necessidade de pegar no carro.

A nossa escolha ao jantar: Porta 36!

Alguém a passar vergonha (não tenho culpa!)

No dia seguinte, ainda demos uma pequena volta por Aveiro, mesmo antes de fazer o check-out. A cidade sendo pequena, faz-se bem num fim-de-semana e a andar a pé entre os locais.

Antes de irmos embora, claro, tivemos que levar um souvenir de Aveiro: os ovos moles !!! Mais um doce típico da região que não podia ter ficado esquecido. E mais uma vez, sem fotos (registo só na barriguinha! São bons de mais!).

| O que são os Ovos Moles? São também doces típicos de Aveiro, cuja fórmula e método de produção original se deve às freiras dos vários conventos da região. É usada uma massa de ovos muito cremosa que é obtida exclusivamente através de açúcar em ponto e gemas de ovos muito frescos, na sua confeção, não deve ser mexida em círculo (para não ficar estriada), mas aproximando e afastando a colher do operador. Às gemas de ovos, depois de cuidadosamente desclaradas e misturadas, junta-se cerca de metade do peso de açúcar em ponto, de «estrada» a «bola rija», já frio. Mexendo sempre para o mesmo lado com a colher de pau, evitando os círculos, leva-se ao lume até se ver o fundo da caçarola de cobre. A «massa de doce de ovos» é comercializada em barricas de madeira pintadas exteriormente com barcos moliceiros e outros motivos da Ria de Aveiro e ainda em tacinhas de cerâmica. A mais conhecida forma de aplicação de ovos-moles é em folhas de hóstia (massa especial de farinha de trigo), moldada nas mais diversas formas de elementos marinhos, como amêijoas, peixes, bateiras, conchas e búzios, que podem ser passados por uma calda de açúcar para os tornar opacos e dar mais consistência. Fonte: Wikipédia |

O único registo que temos dos ovos moles! eheh

Entretanto, e antes de rumarmos a Lisboa, decidimos passar por Águeda, uma vez que anualmente ali acontece um Festival em que decoram as ruas com chapéus-de-chuva coloridos, balões, etc.

À saída de Aveiro espreitámos a estação de comboios, que se encontrava em obras de restauração, na foto não se vê, mas toda a fachada estava com gradeamento:

Estação de Comboios de Aveiro, na altura em restauro

Visitar Águeda e o seu festival AgitÁgueda

Águeda tem sido colocada no mapa cada vez mais devido ao Festival AgitÁgueda, festival esse famoso pela sua arte urbana e instalações e pinturas por todo o lado. Há bastante tempo que já queria ir, e como de Aveiro a Águeda são apenas 35 minutos, decidimos que íamos lá passar para ver o festival.

Acabámos já por almoçar tardiamente em Águeda (e com bastante dificuldade! Visto que toda a gente estava a fazer o mesmo: almoçar), e nem o calor que se fazia sentir tirou as pessoas da rua. Muita gente mesmo. Como chegámos à hora de almoço ainda conseguimos tirar umas fotos “sem ninguém”, e depois é que fomos almoçar.

Para quem tem curiosidade, é um festival diferente onde cada rua não é igual e muita coisa acontece pelas ruas. Para quem gosta de arte ou deste tipo de iniciativas vale a pena visitar.

Cada canto dá vontade de fotografar

Só visitando mesmo é que conseguimos perceber a energia deste festival.

Em 2020, está previsto acontecer entre 4 e 26 de Julho (esperamos que por essa altura já não haja COVID-19 e que já conseguiremos circular livremente).

Deixo-vos algumas fotos do Festival:

Horas depois esta rua já estava cheia!

Giríssimo! Valeu a pena o desvio a Águeda

A minha rua preferida

Ruas diferentes com decorações diferentes

Espero que vos tenha ajudado a colocar na vossa listae passeios por Portugal neste 2020 uma visita a Aveiro e Costa Nova, de passeios por Portugal neste 2020. Depois desde COVID-19, vamos aproveitar o que de melhor o nosso Portugal tem.

E agora deixo-vos um vídeo-resumo, que também podem ver no meu canal do Youtube, destes dois dias top! Mal posso esperar para que venham muito mais.

Enjoy:

Quanto a mim, podem-me ir seguindo tanto pelo Instagram como pelo Facebook.

____________________________________________________________

  • Reserva o teu alojamento no BOOKING
  • Se preferires alugar casa regista-te no AIRBNB
  • Descobre o melhor Seguro de Viagem na IATI Seguros ( e tem 5% de desconto)
  • Poupa dinheiro em viagem e faz já o teu cartão REVOLUT GRÁTIS

Este artigo contém links de afiliados. Se comprares através dos meus links não terás nenhum custo adicional e ajudas-me a manter este blog ativo 🙂

__________________________________________________________

GOSTASTE DESTE ARTIGO? GUARDA-O NO PINTEREST!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Translate »