Visitar o Jardim Botânico Tropical

Com um bébé pequeno, e em “tempos de COVID”, não sabemos muitas vezes para onde ir (para não estarmos sempre em casa). Decidimos que iríamos apanhar um pouco de ar, e lembramos-nos que podemos começar a passear por alguns Jardins em Lisboa, por isso escolhemos visitar o Jardim Botânico Tropical

Entrada principal do Jardim Botânico Tropical

Bem no centro de Lisboa, em Belém, junto ao Mosteiro dos Jerónimos e por trás dos típicos Pasteis de Nata, fica este fantástico Jardim que nos surpreendeu pela positiva. Confesso que não sabia bem para o que íamos, e saímos de lá bastante satisfeitos e de objectivo cumprido: apanhar ar fresco (apesar do calor eheh), bem como passear junto da natureza… em plena cidade!

| Ver também o artigo: Top de 11 sítios (imperdíveis) em Lisboa

Sem dúvida também que é um local agradável para passear em família e para fugir da azáfama da cidade.

Só por “corredor” de palmeiras já vale a pena a visita!

Sobre o Jardim… 

O Jardim esteve recentemente encerrado para uma reabilitação profunda, tendo reaberto no inicio de 2020. A área do jardim é composta por 7 hectares, estando 5 hectares aberto ao público. 

Foi criado em 1906, pelo Rei D. Carlos I, e na altura chamava-se de Jardim Colonial. A sua designação foi-se alterando ao longo dos tempos, bem como às entidades que foi pertencendo. Hoje em dia faz parte da Universidade de Lisboa.

Todo o Jardim e Estufas reúnem cerca de 600 espécies de plantas originárias dos vários continentes (claro que a minha área preferida é mesmo a do Oriente. Porque será?).

Entrada para o Jardim do Oriente (dá para perceber não é?)

A porta de Macau, numa outra entrada para o Jardim do Oriente

Dentro do Jardim existe também o Palácio dos Condes de Calheta, mas este encontra-se encerrado ao publico.

Para além do Palácio, podemos encontrar várias estufas (adorei a do café!), bem como alguns lagos. Recantos para tirar muitas fotos também não faltam.

Entrada para a Estufa do Café

Uma das fontes presentes no Jardim

| Ver também o artigo: Um city tour por Belém: o Guia! |

Visitar o Jardim Botânico Tropical

Optámos por ir durante a semana, pois afluência de gente é menor. Na verdade, eramos nós e pouco mais, o que deu para andar bastante à vontade e sem pressas.

HORÁRIO:

Outubro a Março das 9h-17h

Abril a Setembro das 9h – 20h

Aberto todos os dias com excepção do Natal e de 1 Janeiro.

BILHETEIRA:

Têm aqui toda a informação dos preços

Tendo um selo Clean&Safe, à entrada é-nos medida a temperatura, e só depois podemos comprar os bilhetes. O uso de máscara no recinto não é obrigatório uma vez que estamos em zona aberta.

A visita faz-se bastante bem, e podemos ficar o tempo que quisermos. Ficámos sentados por algum tempo num dos muitos bancos que por lá estavam, aproveitar a sombra e respirar ar puro por momentos.

Agora deixo-vos algumas fotos do Jardim para que possam conhecer um pouco mais e quem sabe, levar-vos a visitá-lo.

Banana Blossom muito usada na cozinha em Lombok

Detalhe do Jardim do Oriente

Antes de sairmos ainda tirámos uma selfie rápida

E antes de ir, como já vem sendo habitual deixo-vos um vídeo feito pelo Rudi sobre a nossa passagem pelo Jardim Botânico Tropical. Enjoy 🙂

Podem sempre seguir-me pelas redes sociais do costume: Instagram e Facebook.

___________________________________________________________

  • Reserva o teu alojamento no BOOKING
  • Se preferires alugar casa regista-te no AIRBNB
  • Descobre o melhor Seguro de Viagem na IATI Seguros ( e tem 5% de desconto)
  • Poupa dinheiro em viagem e faz já o teu cartão REVOLUT GRÁTIS

Este artigo contém links de afiliados. Se comprares através dos meus links não terás nenhum custo adicional e ajudas-me a manter este blog ativo 🙂

__________________________________________________________

GOSTASTE DESTE ARTIGO? GUARDA-O NO PINTEREST! 

Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »