Nusa Lembongan & Nusa Ceningan: o guia completo

Quando cheguei à Indonésia, um dos locais da minha bucket list eram as 3 Nusas. As ilhas mais próximas de Bali. Demorou ainda uns meses, mas fui.

Quando ir?

Se puderem, evitem a época das chuvas. Eu fui em Janeiro (época das chuvas) e claro apanhei algum mau tempo. Podia ter sido pior, mas também podia ter sido melhor. A vantagem é que as ilhas estão menos cheias de turistas, anda-se mais à vontade e é tudo mais barato! Então quando ir? A partir de Março/Abril até Outubro/Novembro.

Onde ficar?

Optámos por ficar sediados em Nusa Lembongan, pois em pesquisa no booking era a ilha que tinha mais opção e variedade de alojamentos. Daqui visitámos a Nusa Ceningan e a Nusa Penida (que falarei noutro post). A Nusa Ceningan tinha também algumas opções (menos, pois das 3 ilhas é a mais pequena), mas achei que eram mais fancy e por isso também mais caro.

O nosso homestay foi o Suba Guesthouse. Alojamento simples e central. O único senão foi não ter pequeno almoço. Mas até agua quente tinha, e por isso valeu também.

No inicio marcamos só uma noite, mas ficamos mais 2! E foi bom, porque o proprietário acabou por nos fazer um excelente preço!

Alugámos na guesthouse uma mota por 70k/dia (cerca de 4€).

Quantos dias?

Nós ficámos 4 dias. Achei curto para visitar as 3 ilhas, mas também não podíamos mais dias. Visitamos tudo o que queríamos, embora para Nusa Penida, visitar a ilha toda num só dia foi bem puxadote! Dedicarei outro post só a Nusa Penida.

Como alugámos a mota visitamos os principais pontos das duas Nusas: Lembongan e Ceningan.

A famosa Ponte Amarela/ Yellow Bridge/ Jembatan Kuning, que liga Nusa Lembongan a Nusa Ceningan:

Quem pesquisa pelas Nusas, certamente que aparecem quase sempre fotos desta ponte amarela, que acaba por ser um ponto de interesse destas ilhas e também uma imagem de marca.

Mas sabiam que a ponte amarela é relativamente recente?

Sim, a ponte que estava anteriormente caiu e acabou por matar e ferir algumas pessoas. Esta nova ponte, é mais resistente e um pouco maior, onde passam apenas pedestres e motas.

A ponte tornou-se grande ponto de interesse, e quem passa por lá não resiste a tirar uma foto. À noite fica iluminada. Um must do!

A “famosa” Ponte Amarela que liga as duas ilhas

20180122_103507-02

Outra perspectiva da ponte

20180122_104714-01

A clássica foto na ponte!

O que ver em Nusa Lembongan:

Dream Beach

Esta praia é um dos pontos altos de Lembongan, mas como choveu, tivemos azar com a quantidade de lama na zona da entrada e também o mar muito picado. Fiquei um tanto ou quanto desiludida. Tem também um restaurante e uma mega piscina numa encosta virada para a praia, mas nem isso nos motivou a ficar.

20180121_172154-01

Lama por todo o lado, mas lá fizemos a foto 🙂

20180121_170442-01

A vista cá de cima

Devil’s Tears

Junto à Dream Beach, podemos encontrar a Devil’s Tears. Achei este sitio espectacular. E fomos brindados com um pouco Sol! Vejam a foto:

DCIM104GOPRO

Pode não parecer, mas o sítio estava cheioooo de gente!

Onde almoçar/jantar:

Descobrimos alguns sítios giríssimos.

Como um dos dias era o Aniversario do Rudi, optamos por almoçar no Sandy Bay Beach Club. E que comida e sitio maravilhosos! Pena não ter estado bom tempo, porque a vista que tínhamos para a praia e até a piscina pediam-nos um mergulho, fazia lembrar os clubes de Formentera ou Ibiza.

O almoço não foi barato (em comparação com o nível de vida na Indonésia), mas valeu pelo espaço e comida.

Pedimos um Esparguete à Bolonhesa e uma Pizza, duas bebidas e pagámos 360k ( cerca de 22€ os dois).

Outro restaurante que gostámos, foi de um restaurante local não muito longe do nosso hotel e também da Dream Beach, chamado Warung Dhipa e pelos dois pagamos 100k (cerca de 6€). Ele jantou peixe e eu (acho que foi) um hamburger.

Gostei muito da Nusa Lembongan, embora tenhamos ido em época baixa acho que compensou. Compensa sempre.

dsc02244-01.jpeg

A dimensão desta árvore era impressionante

O que ver em Nusa Ceningan:

Blue Lagoon

Espectacular e assustador ao mesmo tempo. Aguas cristalinas mas numa praia impossível de nadar, dado a agitação das aguas. A natureza é mesmo incrível.

DCIM104GOPRO

A água era tão azul turquesa, mas o que não dá para ver na foto é o mar muito agitado

Mahana Point

Quando aqui chegamos achámos que estávamos na Blue Lagoon, mas não. Fomos brindados com esta vista:

DSC02041-01.jpeg

Fomos para a este sitio ao acaso, e deparámo-nos com esta vista 🙂

Do outro lado da encosta, o Bar Mahana Point, que também fomos, onde é possível saltar por 50k! Que medo!

Onde ver o Pôr-do-Sol:

Tanto uma ilha como a outra tem vários sítios brutais para passar um bom final de tarde. Difícil é escolher.

Como estávamos hospedados em Nusa Lembongan optámos pelo sunset em Nusa Ceningan.

Recomendo o Le Pirate Beach Club, onde ficámos a ver o Pôr-do-Sol. Quer dizer, o Pôr-do-Sol que nos foi possível ver, dado que depois choveu torrencialmente, depois desta foto:

DSC02350-01.jpeg

Esta foi a minha experiência por estas duas Nusas. Sei que ficaram algumas coisas por ver/fazer, mas quando se tem poucos dias há que optar.

Espero que tenham gostado das minhas escolhas.

Podem seguir-me no meu instagram, e espreitar os Destaques dos dias pelas Nusas.

Boas Viagens ❤️

________________________________________________________________________________

 

___________________________________________________________________________

GOSTASTE DESTE ARTIGO? GUARDA-O NO PINTEREST!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Translate »