O Festival Islâmico de Mértola | 7 coisas a não perder em Mértola

Decorreu no este fim-de-semana, de 16 a 19 Maio 2019, o Festival Islâmico de Mértola. Como pouco ou nada me lembrava de Mértola, achei que podia ser uma boa razão para (re)visitar este fotogénico sítio que temos em Portugal.

Mértola fica a cerca de 2h30 de Lisboa, a sensivelmente 235km de Lisboa. Não é perto, pelo que o ideal seria passar o fim-de-semana, mas dado ao Festival a acontecer, estava tudo esgotado, pelo que acabei por voltar para Lisboa já bem tarde.

Mértola é considerada uma vila museu, cheia de história, e é também a capital nacional da caça.

Neste artigo vou-vos falar do Festiva Islâmico bem como dar 7 dicas do que não perder em Mértola.

O Festival Islâmico de Mértola

Talvez o mais famoso evento que a Vila acolhe a cada 2 anos, acontece em anos ímpares e sempre em Maio. O Festival Islâmico de Mértola é um acontecimento na Vila. Este Festival celebra a forte influência islâmica, sendo esta Vila uma Vila Museu.

Neste Festival encontramos música, exposições, gastronomia árabe e até um souk (mercado) por toda a Vila. Ainda podemos ouvir as rezas Islâmicas na hora da reza.

O Festival vê-se bem num só dia, mas posso dizer-vos que, caso tivessemos encontrado alojamento teriamos ficado o fim-de-semana. Valia a pena para aproveitar mais da Vila.

| Sugestão de Alojamentos em Mértola:
Dica: No fim-de-semana do Festival convém ir cedo uma vez que não é fácil encontrar estacionamento. A Vila não é muito grande pelo que é fácil andar-se a pé para todo o lado.

Chegámos perto da hora de almoço, pelo que almoçámos logo na rotunda da entrada no Restaurante O Ciga. Comemos um bitoque cada uma, bebidas e um café e pagámos 10€ cada. Foi bem baratinho.

Depois seguimos para o Festival, do qual vos deixo algumas fotos:

7 coisas a não perder em Mértola

1. Visitar a Torre do Relógio

Depois de visitar o Souk (mercado) do Festival Islâmico, vesti-me a rigor com uma Abaya (túnica) Islâmica, e fotografei no relógio. De longe o sítio mais bonito para mim, dentro da Vila. É provável que a torre tenha sido criada no Século XVI num dos torreões da muralha, ideia essa que ganha forma com a inscrição do ano de 1593 no sino da torre.

A Torre do Relógio é linda!

2. Explorar o Castelo

O Castelo já construído na época Cristã, tem sofrido mudanças ao longo dos tempos. No Castelo existe uma imponente torre que permite avistar toda a vila. Tem uma excelente vista para o Rio Guadiana e toda a vila.

3. Visitar a Igreja Matriz e antiga Mesquita

A Igreja Matriz de Mértola, tem por detrás uma história interessante: já foi outrora uma Mesquita. Foi uma Mesquita durante os Séculos XII e XII, e hoje é a Igreja da Nossa Senhora da Anunciação. As portas em arco de caracteristica árabe, bem como o Mihrab que aponta a direcção de Meca.

4. Passeio de Barco pelo Guadiana

Descobrimos que podemos fazer um passeio de barco pelo Guadiana. Demora 25 minutos e custa apenas 5€. Era algo que não sabíamos e que gostámos bastante. Fizemo-lo ao final do dia (é até as 19h).

O barquinho percorre muito lentamente as margens do Rio e permite-nos ver a Vila de outra perspectiva.

5. Torre do Rio

No passeio que fazemos de barco no rio, é possível avistar esta torre. A torre foi construida com o propósito se ser uma estrutura defensiva protegendo as embarcações e o acesso ao rio para o abastecimento de água. Sempre que inimigos se tentavam aproximar accionavam um sistema de cordas, e essas embarcações acabavam por naufragar. Era aqui também a zona mais funda do rio, atingindo na altura 60 metros. Actualmente conta com 30 metros de profundidade.

A Torre do Rio usada para defesa da Vila

6. Descobrir a Casa Islâmica

É possivel também visitar uma réplica de uma casa islâmica do Século XIII, construída à escala real, naquele que foi um complexo de habitações do bairro islâmico da Alcáçova do Castelo.

7. Passear e descobrir as ruas de Mértola

Vale a pena passear pelas ruas íngremes e irregulares de Mértola. Pintada de branco e bastante solarenga, torna-a muito fotogénica. Toda a Vila é um cartão postal.

Adorei Mértola, mas com as ruas cheias por causa do festival deu para perceber que é uma vila linda e muito fotogénica. Espero voltar em breve, agora sem festival para ver a Vila de outra forma.

Acompanhem-me no Instagram que é por lá que vou partilhando todas as minhas viagens e sítios incríveis.

_______________________________________________

Este artigo contém links de afiliados. Se comprares através dos meus links não terás nenhum custo adicional e ajudas-me a manter este blog ativo 🙂

______________________________________________

GOSTASTE DESTE ARTIGO? GUARDA-O NO PINTEREST!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Translate »