Ilhas Gili: um pequeno Paraíso chamado Gili Meno

Quem me acompanha por aqui no blog ou no instagram, sabe que passo maior parte do tempo na Gili Trawangan e esporadicamente visito Gili Air ou Gili Meno.

No entanto, reparei que ainda não tinha escrito nada sobre Gili Meno! Como é possível ter deixado este pequeno pedaço de paraíso esquecido!

Das 3 ilhas Gilis mais conhecidas e mais turísticas (sim, Lombok tem “outras gilis”), a Gili Meno é a mais pequena e talvez seja a menos turística.

Para muitos Gili Meno é considerada a Ilha dos Honeymooners, que é como quem diz em português, a ilha dos recém-casados em Lua-de-Mel! Esta ilha super pequena (conseguimos dar a volta à ilha num curto espaço de tempo) é um pedaço de paraíso na terra. As praias, de areal branco, e mar com menos coral (comparado com Gili T.) a perder de vista, muito poucos resorts (não sei depois do sismo como ficou a situação dos resorts). Animação noturna inexistente.

Esta ilha é perfeita para quem procura total descanso e isolamento por uns dias! Se esperam, ao final do dia / noite ter o que fazer aqui…então esta ilha não é para vocês, porque depois do sol se pôr, é jantarinho e dormir. Não há mais animação.

Até à data, fui apenas uma vez a Gili Meno, para o dia, voltando depois no ultimo barco para Gili Trawangan. Deu para aproveitar a praia, passear e conhecer bem a ilha.

Dentro da ilha existe um enorme lago salgado. É talvez das principais “atracções”.

É, também, comum avistar em Gili Meno grupos de Monitor Lizard, que são uns lagartos de água grandinhos que se passeiam pelas Gilis, havendo uma comunidade maior em Gili Meno (talvez por ser uma ilha mais virgem face às outras duas gilis vizinhas). Estes lagartos de água são inofensivos (no entanto, não aconselho a que se metam com eles, o melhor é deixa-los passar) e não se deixam ver muitas vezes. Aliás a única vez que vi um (e foi em Gili T.) ele passou tão rápido em frente à minha bicicleta que nunca mais o vi. Possivelmente andava a caça e fugiu mais rápido que eu!

Como chegar

De Bali: já falei neste post sobre os fastboats que chegam de Bali, partindo do porto de Padang Bai. Para quem prefere tudo marcado na viagem antes de chegar à Indonésia, pode marcar os fastboats directamente neste site.

De Lombok: quem chega de Lombok deve dirigir-se ao Porto de Bangsal e aí comprar o bilhete para o barco público que custa 15 mil rúpias (cerca de 0,95€). Os barcos saem regularmente durante o dia todo e logo que estejam cheios.

Das outras Gilis (Trawangan ou Air): existem barcos públicos que fazem a travessia entre as 3 Gilis apenas duas vezes ao dia (de manha (por volta das 8h30) e ao meio da tarde (por volta das 15h30/16h). Dirijam-se ao Porto dos Barcos para obterem informação dos dois horários. O preço ronda as 35 mil rúpias/ ida (cerca de 2,20€). Caso queiram ir a qualquer hora do dia, podem fazê-lo mas têm que contratar um barco privado e aí o preço já pode disparar para mais de 600 mil rúpias. Penso que só compensa se for um grupo grande que possam dividir a despesa por todos.

Onde comer / ficar

Nós visitámos Gili Meno apenas para o dia, pelo que não ficámos em lado nenhum, no entanto, é muito fácil encontrar alojamentos na ilha pelo booking.

Como fomos de manhã, optámos por tomar o pequeno-almoço num resort, que achei que tinha tirado fotos mas não encontro nada no meu arquivo. Restou esta foto do sítio óptimo que encontrámos:

Resort onde tomámos o pequeno-almoço

O que fazer em Gili Meno

Gili Meno não tem as mesmas actividades que existem nas outras Gilis, é uma ilha “mais virgem” pelo que aproveitámos a natureza e fomos até à zona da praia, com vista para Gili Trawangan, e depois eu quis muito ir conhecer a zona do lago, acabámos por ir até lá, mesmo com o calor que se fazia!

Como as horas passam a correr, voltámos para a zona do porto, onde ficamos o resto do tempo até termos o barco de volta para Gili Trawangan. Pelo meio da ilha, o cenário foi sempre mais ou menos assim:

Interior de Gili Meno à saída do lago

Depois de termos cruzado a ilha, ficámos o resto do tempo na zona do Porto com esta vista para Gili Air e Lombok:

Ainda não voltei a Gili Meno depois do sismo de Lombok e ilhas Gili de Agosto, mas assim que puder, conto voltar lá para passar o dia de forma a perceber como ficou o estado da ilha depois deste desastre natural! 

Só mais uma de Gili Meno…é ou não é o paraíso na terra?

Quem chegou agora ao meu blog e queira ver mais sobre a Indonésia pode seguir-me no Instagram aqui.

Boas Viagens 🙂

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________

Gostaste deste Artigo? Guarda-o no Pinterest!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Translate »